07/09/2022 às 02:11 Papo de Mãe

Ter ou não ter uma doula no parto? #PAPOMATERNIDADE

309
3min de leitura

A chegada de um novo ser, bem como o próprio gestar, é uma fase que requer atenção e um certo planejamento. Apesar de cada mulher ter o seu processo pessoal e singular, se existe algo em comum são dúvidas! Muitas questões num mar de informações, palpites, sites e apenas o desejo e a certeza de querer o melhor para si e para o seu maior amor dentro da barriga. Nesse post, vamos reunir as opiniões das nossas mães sobre esse assunto tão pertinente na maternidade; ter ou não ter uma doula?


Uma doula é uma assistente de parto que acompanha a gestante durante o período da gestação até os primeiros meses após o parto, com foco no bem-estar da mãe e segurança. Seu papel é oferecer conforto, encorajamento, tranquilidade emocional, físico e informativo durante um período de intensas transformações e emoções pelo qual a gestante está passando.


Para entendermos um pouco mais sobre como funciona essa especialidade, conversamos com a psicóloga obstétrica e doula Karoline Anjos, que contou um pouco sobre sua área:

"A palavra doula vem do grego e significa “mulher que serve”, com muito profissionalismo, carinho e amor, acompanho a nova mãe desde a gravidez, no parto e no pós-parto. Meu papel é oferecer conforto, encorajamento, tranquilidade, suporte emocional, físico e informativo durante esse período de intensas transformações pelo qual a mulher passa. A mulher deve ser a protagonista do seu parto, como doula auxílio a mulher e acompanhante no reconhecimento dos seus direitos e de como exercer sua autonomia e fazer escolhas conscientes. A presença da doula no parto ajuda a diminuir em 50% os índices de cesáreas, 25% a duração do trabalho de parto, 60% os pedidos de analgesia, 40% o uso de ocitocina e 40% o uso de fórceps. O apoio profissional recebido durante o trabalho de parto e pós-parto aumenta as sensações de bem-estar das mães e inclusive ajuda no combate à depressão pós-parto."


Reunimos algumas opiniões de mamães que já tiveram experiências e resolveram compartilhar conosco;


"Simplesmente maravilhosa! Não sei o que seria de mim se não fosse a doula! Ela me ajudou muito com as dores da contração e na hora do expulsivo." - Gabrielli Castro, mãe do Caio

(Caio 3 meses, João & Marina fotografia)


"Não contratei, mas fiz um cursinho básico. Vale a pena, para tirar dúvidas." - Gessica


"Marina, eu contratei sim e foi a melhor coisa que já fiz. Doula nem é gente, é anjo!" - Tamara Neves


"Pra mim não foi muito legal a experiência! Fez os movimentos quando eu já estava com muita dor e errou na contagem da dilatação! Mas tem outras maravilhosas." - Munique Poletto, mãe da Anna

(Anna Banho de Leite 12 meses, João & Marina fotografia)


"Maravilhosa! Indico muito. Nos deixa mais seguras e mostra como somos feitas pra parir." - Gabriela Bonfanti, mãe da Liz


"É uma experiência única, procura uma profissional que você se sinta bem. Ela vai estar com você e vai te ajudar com muita coisa. E o mais legal é que não importa a via de parto. Vale a pena pesquisar sobre." - Natália Marcelino


"Perfeito, independente da via de parto elas nos tranquilizam quanto a tudo relacionado a gravidez." - Natália Trevisol, mãe do Ângelo

(Ângelo Bernardino, 9 meses, João & Marina fotografia)


"Dinheiro muito bem investido! Pois é uma pessoa que passa calmaria no meio de um turbilhão de emoção." - Rose Machado


"Indico super." - Evelyn Ferreira


"Incrível, vale muito! Deu todo suporte, nos deixou seguros." - Camila Cardoso, mãe da Naomi

(Camila à espera de Naomi, João & Marina fotografia)


"Indico. Obstetra e equipe do hospital respeitam mais a decisão de parto normal." - Inácia, mãe da Celina


Pesquise mais sobre as doulas em sua cidade. Converse com suas preferidas, entenda quem são, como atuam, procure informações! Depois, é só escolher a da sua preferencia e ser feliz :)


Família João & Marina

07 Set 2022

Ter ou não ter uma doula no parto? #PAPOMATERNIDADE

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

doula doula ter ou não ter joao e marina papo maternidade

Quem viu também curtiu

24 de Set de 2022

Porque NÃO contar a gravidez antes dos três meses #PAPOMATERNIDADE

22 de Abr de 2020

PAPO DE MÃE: Como manter a autoestima após o nascimento do bebê

11 de Mai de 2024

SER MÃE É...

Logo do Whatsapp