Imagem capa - SER MÃE É... por João e Marina Fotografia
Papo de Mãe

SER MÃE É...

... assumir uma série de funções ao mesmo tempo! É ser educadora, psicóloga, cozinheira, médica, adivinha, enfermeira, fotógrafa, dentre tantas outras profissões paralelas umas às outras e dar a sua melhor performance em todas elas. 



(Imagem: Lian & Dani. João e Marina Fotografia, 2020)


Ser mãe é errar tentando acertar, sorrir querendo chorar, amamentar no peito sentindo dor, dar mamadeira querendo amamentar, escolher entre tirar um cochilo e lavar o cabelo, ficar acordada querendo dormir, cozinhar querendo dormir, lavar roupa querendo dormir e finalmente dormir... por 20 minutos e acordar para amamentar. Ser mãe é brigar querendo rir, abraçar querendo fugir... e levar a prole junto!




(Imagem 1: Helena, Miguel & Hellen. Imagem 2: Gustavo, Maria Eduarda, Lucca & Rosângela. João e Marina Fotografia, 2020)



Ser mãe é colocar os filhos em primeiro lugar. Primeiro o banho deles, o da mamãe fica pra depois. Primeiro a alimentação deles, a mamãe almoça a comida que esfriou. Se o orçamento está curto, primeiro a roupa deles, a mamãe ainda tem as roupas do outro ano... e assim a vida segue com eles sempre ocupando o primeiro lugar. E tudo bem, porque para mamãe o que importa é o bem-estar da sua cria.




(Imagem 1: Théo & Taymara. Imagem 2: Vicente & Ana Carla. João e Marina Fotografia, 2020)



Ser mãe é mergulhar no mar da maternidade sem colete salva-vidas. Ondas gigantescas de humor alterando entre  "estou amando essa experiência" e "socorro, alguém me tira daqui" diariamente. É nadar contra a maré, engolir um pouco de água, deixar água entrar pelo nariz, mas ainda assim, ter um motivo incrível para continuar a nadar. 




(Imagem 1: Pedro & Carly. Imagem 2: Francisco & Mari. João e Marina Fotografia, 2020)


Ser mãe é acordar de madrugada para ver se seu bebê está respirando. É passar no quarto dos filhos para ver se estão cobertos. É perder o controle da TV e assistir pela milionésima vez Mundo Bita, Galinha Pintadinha e quando se dá conta, está cantarolando sozinha: "bom dia, o sol já nasceu lá na fazendinha" - enquanto passa roupa.




(Imagem 1: Catarina & Mari. Imagem 2: Arthur & Rafaela. João e Marina Fotografia, 2020)


É ser mãe de barriga, mãe de alma, mãe de coração. Mãe solo, que é pai e mãe. Madrasta que é mãe emprestada e ama como se fosse seu. Ser mãe e avó, avó e mãe. Tem tia também. Mãe de um, de dois, de três, de quatro. Mãe de quantos o coração puder se dividir para bater fora do peito. 




(Imagem: Théo & Karina, mãe solo. João e Marina Fotografia, 2020)



Ser mãe é decorar cada milímetro do corpo dos seus filhos e saber exatamente quando eles vêm com uma marquinha diferente da escola. É sentir orgulho com cada uma de suas pequenas conquistas. Cada uma mesmo: festejar o primeiro cocô feito sentado na privada na mesma vibração que a formatura da pré-escola ou da graduação, afinal de contas, cada fase é única. 





(Imagem: Felipe & Karina. João e Marina Fotografia, 2020)



Ser mãe é amar sem medidas, viver no extremo. Uma mistura maravilhosa de cansaço e realização. É encontrar forças onde nem sabia que existia. Ser mãe é amar um ser mais que a si mesma, é entrega de corpo e alma, é a maior e melhor experiência que uma mulher pode vivenciar. Ser mãe é descobrir que dizer "eu te amo" é pouco para definir essa aventura. É tentar explicar em palavras e não conseguir. É perceber que seu filho é perfeito como deve ser e você é incrível tanto quanto poderia ser.




(Imagem: Lorenzo & Gi. João e Marina Fotografia, 2020)


Ser mãe é passar a viver do avesso e se dar conta que o avesso é o seu lado certo!



(Imagem: Théo & Taymara. João e Marina Fotografia, 2020)


Feliz dia das mães a todas as mamães! 

Com carinho, Família João e Marina ♥